Efeito de Dicas de Aprendizagem Internas e Externas, no Ensino da Habilidade Motora Voltas e Voltas com Ioiô

Por: Celso Augusto Silveira.

109 páginas. 2010 21/06/2010

Send to Kindle


Resumo

A aprendizagem motora pode ser observada por de alterações relativamente permanentes na realização da tarefa. Para que essas mudanças ocorram de forma mais eficiente, é importante que o indivíduo selecione e direcione seu foco de atenção para informações relevantes para a realização dessa tarefa. Uma das estratégias adotadas para auxiliar nesse direcionamento do foco de atenção é a utilização de “dicas” de aprendizagem. Estudos realizados têm confirmado a eficiência da utilização das dicas para o ensino de uma nova tarefa. Porém, existem divergências nos estudos quando o tema é o direcionamento desse foco de atenção: se direcionando o foco de atenção para o corpo do aprendiz (foco interno), ou se direcionando o foco de atenção para algo fora do corpo (foco externo). Com o intuito de contribuir para o debate sobre o tema, é que foi realizado esse estudo, envolvendo 31 crianças com idade média de 11,74 anos (dp=0,51), em que aprenderam a manobra “voltas e voltas” com o ioiô. Para verificar a eficiência das dicas para o direcionamento da atenção, elas foram divididas em três grupos. Um recebeu dicas internas (GDI), outro recebeu dicas externas (GDE) e o terceiro foi o grupo de controle (GC). Para observar o comportamento dos grupos, foram realizadas uma avaliação quantitativa e avaliação cinemática, que observou o tamanho do deslocamento do processo estilóide, no recuo, no retorno e no novo lançamento, bem como a variabilidade do movimento, observada através da verificação do coeficiente de variação dos ângulos do tronco, braço e mão. Os resultados encontrados no estudo mostraram que, na avaliação quantitativa, os três grupos GDE, GDI e GC, tiveram um comportamento semelhante no pré-teste, no pós teste e na retenção, não apresentando diferença significativa entre os três grupos. A avaliação do tamanho do deslocamento linear, observado no processo estilóide, também mostrou que GDE, GDI e GC não apresentaram diferença significativa, em nenhuma das fases do movimento avaliada (recuo, retorno e novo lançamento). Observando o coeficiente de variação também foi verificado que os três grupos tiveram o mesmo desempenho, sem apresentar diferença significativa. Diante do resultado semelhante dos três grupos podemos concluir que: 1) As dicas utilizadas não apresentaram o efeito esperado sobre o aprendizado; 2) As alterações semelhantes, observadas nos três grupos indicam que o vídeo utilizado durante asaulas de intervenção apresentou um efeito superior ao das dicas no ensino da tarefa, já que foi o único aspecto em comum nos grupos. Diante dos resultados encontrados, futuros estudos devem observar com maior intensidade esta ação do vídeo tape, tendo neste instrumento uma forte ferramenta no aprendizado de uma nova tarefa.

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/26279

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.