Efeito do Exercício Físico Sobre os Marcadores Inflamatórios de Adolescentes com Excesso de Peso: Uma Revisão Sistemática

Por: Antonio Stabelini Neto, Carla Cristiane da Silva, João Paulo de Farias, Rui Gonçalves Marques Elias, Waynne Ferreira Faria e Wilson Rinaldi.

Revista da Educação Física - UEM - v.26 - n.4 - 2015

Send to Kindle


Resumo

A elevação crônica de níveis circulantes de marcadores inflamatórios é considerada um preditor de incapacidade e mortalidade. Nessa perspectiva, o exercício físico tem sido descrito com uma terapia não medicamentosa eficaz contra a obesidade, entretanto, sua ação sobre as adipocinas ainda não é clara. Assim, o objetivo do estudo foi realizar uma revisão sistemática sobre o efeito crônico dos exercícios físicos sobre os marcadores inflamatórios em adolescentes de ambos os gêneros com excesso de peso. Foi realizada uma busca sistemática nas bases de dados: Medline (Pubmed), Science Direct, Scopus, Sport Discus, Web Of Science, Cinahl, Scielo, Lilacs e Cochrane até maio de 2014. Os resultados apresentaram uma relação de dependência entre a composição corporal e as concentrações de adiponectina, PCR e leptina de adolescentes obesos, indicando que o treinamento físico foi eficaz na melhora dos marcadores inflamatórios apenas quando houve diminuição significativa da gordura corporal.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/26416

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.