Efeito do Método Pilates na Aptidão Física Relacionada à Saúde de Idosos: Uma Revisão Sistemática.

Por: Eduardo Borba Neves, Francisco José Félix Saavedra e Gabrielle Critine Moura Fernandes Pucci.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.25 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desta revisão foi analisar as evidências do Pilates na aptidão física relacionada com a saúde de idosos. Foram revisadas as bases de indexação de artigos (Pubmed, Medline, Science Direct, Scielo, Lilacs e Cochrane), com os descritores “Método pilates, idosos e envelhecimento”. Atenderam os critérios de inclusão 41 estudos com delineamento randomizado experimental e “quase experimental”. A seleção dos estudos foi realizada por dois pesquisadores e a qualidade dos artigos foi avaliada pela escala PEDro. As intervenções variaram entre 4 e 24 semanas, de 1 a 3 sessões/semana e a variável mais investigada foi o equilíbrio. Os estudos incluídos nesta revisão indicam que a prática de Pilates melhora as condições de saúde dos idosos, promovendo ganhos de equilíbrio, força muscular, flexibilidade, autonomia funcional, resistência muscular, composição corporal e resistência aeróbica. Apesar destes achados, algumas variáveis precisam ser mais investigadas. Nível de Evidência II; Revisão sistemática.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922019000100076&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.