Efeito do Treinamento Contínuo e Intervalado Sobre a Massa Corporal, Adiposidade e Perfil Lipídico de Ratos Alimentados com Dieta Hiperlipídica

Por: Guilherme Luiz da Rocha.

74 páginas. 2015 28/07/2015

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do treinamento físico intervalado e contínuo sobre a massa corporal, adiposidade e perfil lipídico de ratos alimentados com dieta hiperlipídica. Para tanto, foram utilizados 48 ratos Sprague-Dawley machos (8 semanas) inicialmente divididos em dois grupos: dieta padrão (DP) e dieta hiperlipídica (DH), que receberam suas respectivas dietas por um período de quatro semanas sem o estímulo de exercício físico. Após esse período, os animais foram aleatoriamente divididos em seis grupos experimentais: controle dieta padrão (CP; n = 8); controle dieta hiperlipídica (CH; n = 8); treinamento contínuo dieta padrão (TCP; n = 8); treinamento contínuo dieta hiperlipídica (TCH; n = 8); treinamento intervalado dieta padrão (TIP; n = 8); treinamento intervalado dieta hiperlipídica (TIH; n = 8). O treinamento intervalado de alta intensidade e curta duração e o treinamento contínuo de leve/moderada intensidade e longa duração foram realizados por meio do exercício de natação (5x/semana) durante oito semanas. Após 48 horas do término do período experimental, os animais foram mortos e amostras de sangue e tecido adiposo (retroperitoneal, epididimal e mesentérico) foram obtidos para análise. Os animais controles alimentados com dieta hiperlipídica apresentaram maiores valores de massa corporal final e ganho de massa corporal em comparação aos animais alimentados com dieta padrão (DH, CH > DP, CP). Para os grupos treinados (TCP, TIP, TCH e TIH), foram observados menores valores de consumo alimentar e calórico, massa corporal final, ganho de massa corporal e adiposidade, quando comparados com CH. Para as análises bioquímicas, os grupos TCH e TIH obtiveram menores valores no colesterol total, comparado ao grupo CH. Por outro lado, apenas grupo TCH apresentou maiores valores de colesterol-HDL em relação ao grupo CH. Não foram observadas diferenças significativas entre os modelos de treinamento (TCP vs TIP; TCH vs TIH) sobre as variáveis investigadas. Em conclusão, ambas metodologias de treinamento investigadas demostraram ser efetivas no controle do ganho da massa corporal, níveis de adiposidade e concentrações de colesterol total em ratos Sprague-Dawley alimentados com dieta hiperlipídica.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=1488

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.