Efeito do Uso de Diferentes Implementos na Execução do Supino Reto Sobre o Desempenho da Força e Ativação Muscular de Membros Superiores

Por: Deborah de Araújo Farias.

59 páginas. 2015 07/12/2015

Send to Kindle


Resumo

O supino reto (SR) é um exercício para membros superiores muito popular no treinamento de força (TF), mas há poucas informações referentes ao desempenho da força e ao padrão de ativação muscular diante da utilização de diferentes implementos deste exercício, com a mesma carga relativa. O presente estudo tem como objetivo investigar o efeito do uso de diferentes implementos na execução do SR sobre o desempenho da força e atividade elétrica muscular de membros superiores. Dezenove homens treinados (27,9 ± 4,5 anos, 1,72 ± 0,1 cm, 80,3 ± 9,2 kg) participaram do estudo e executaram o teste de 10 repetições máximas (10RM) para identificação das cargas em cada exercício. Após o teste de carga, cada indivíduo participou de três sessões de treinamento: P1) quatro séries do SR na máquina (SRM) seguido de quatro séries do TP; P2) quatro séries do SR na barra livre (SRB) seguido de quatro séries do TP; P3) quatro séries do SR com halteres (SRH) seguido de quatro séries do TP. O sinal eletromiográfico do peitoral maior (PM), deltoide anterior (DA), bíceps braquial (BB) e tríceps braquial (TB) foi mensurado durante quatro séries por sessão para cada implemento no SR (barra livre, halteres e máquina) e no TP. Os resultados indicaram que o SRH apresentou um maior trabalho total (31,2  3,2) quando comparado ao SRB (27,8  4,8). Para o TP, um maior volume de treinamento foi observado após o SRB (1204,4  249,4) e SRH (1216,8  287,5) comparado ao SRM (1097,5  193,0). Para o PM, o SRH promoveu atividade significativamente maior que o SRB, enquanto para o DA, o SRM promoveu atividade significativamente maior que SRB e SRH. Já para o TB, o SRM e SRB promoveram atividade significativamente maior que SRH e para o BB, o SRH promoveu atividade significativamente maior que SRM e SRB. Durante o exercício TP, uma atividade significativamente maior do TB foi observada quando o exercício foi realizado após SRB comparado ao SRM e SRH. Enquanto para o BB, uma atividade significativamente maior foi observada após realização do SRH e SRB comparado ao SRM, e SRH comparado ao SRB. A partir dos resultados do presente estudo sugere-se que o tipo de implemento utilizado na realização do SR, poderá influenciar não só no padrão de atividade elétrica muscular dos músculos motores primários, como também no desempenho da força para o exercício SR. Além disso, a variação de implementos utilizados no SR parece influenciar tanto o desempenho da força como o padrão de atividade elétrica muscular do TP quando o mesmo for realizado subsequentemente.

Endereço: http://www.eefd.ufrj.br/stricto-sensu

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.