Efeito dos Aacr na Força Isométrica Após Exercício de Endurance em Um Ambiente Quente

Por: Francisco Teixeira Coelho, Gustavo Henrique da Cunha Peixoto Cancado, Michele Macedo Moraes e Reinaldo Teles Paulinelli Junior.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.25 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Introdução:

A fadiga decorrente de um exercício de endurance ocorre devido a alterações tanto periféricas quanto centrais e pode influenciar no desempenho subsequente durante um teste de força. Sabe-se que o aumento da concentração de serotonina é um dos fatores centrais associados à fadiga induzida pelo exercício de endurance, principalmente em ambientes quentes. Uma estratégia nutricional utilizada para diminuir a ativação serotonérgica é a suplementação com aminoácidos de cadeia ramificada (AACR).

Objetivo:

Investigar se a suplementação com AACR atenua a redução da força isométrica causada pela realização prévia de um exercício de endurance em ambiente quente.

Métodos:

Nove voluntários (25,4±1,2 anos) realizaram uma contração voluntária máxima isométrica (CVMISO) de membro superior durante 2 min, antes e após um exercício de endurance em um cicloergômetro a 40% da potência máxima aeróbica. Os voluntários foram submetidos a três situações experimentais: 1) exercício de endurance em ambiente temperado (23°C e 60% URA); exercício em ambiente quente (35°C; 60% URA) com ingestão de: 2) solução placebo ou 3) solução contendo 30 mg.kg−1 de AACR. Durante o teste de CVMISO, a força isométrica dos músculos flexores do cotovelo direito, a temperatura corporal interna (TINT) e a frequência cardíaca (FC) foram medidas.

Resultados:

A força isométrica diminuiu após o exercício de endurance no ambiente quente e a administração de AACR não atenuou essa redução. Valores maiores de TINT e FC foram observados após o exercício de endurance em ambiente quente em relação aos valores do pré-exercício, sendo que a suplementação também não interferiu nessas respostas fisiológicas.

Conclusão:

A redução da força isométrica, devido à realização prévia de exercício de endurance em ambiente quente, não foi atenuada pela suplementação com AACR. Nível de evidência I; Tipo de estudo: Estudos terapêuticos - Investigação dos resultados do tratamento.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922019000100024&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.