Efeito Ergogênico de Uma Bebida Esportiva Cafeinada Sobre a Performance em Testes de Habilidades Específicas do Futebol

Por: Ana Paula Muniz Guttierres, , e Rita de Cássia Gonçalves Alfenas.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.15 - n.6 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O consumo de cafeína tem demonstrado promover efeitos ergogênicos sobre a performancede atletas de esportes coletivos. O objetivo do presente estudo foi comparar o efeito de uma bebida esportiva cafeinada (BEC) frente a uma bebida carboidratada comercial (BCC) sobre a performancedurante a execução de testes físico-motores de habilidades específicas do futebol. Os atletas foram submetidos a dois testes, salto vertical (Sargent Jump) e teste de agilidade (Illinois Agility Test), que foram executados antes e após as partidas
durante as quais foram consumidas BEC (7% de carboidratos (CHO), concentração de cafeína correspondente a 250mg.l -1 ) ou BCC (sem cafeína, 7% de CHO). Os resultados demonstraram que BEC aumentou significantemente (p < 0,01) a altura atingida no salto em relação ao momento anterior ao seu consumo e em comparação com a BCC (p = 0,02). BCC não promoveu aumento na potência de membros inferiores. Tanto BEC (p= 0,62) quanto BCC (p= 0,93), não aumentaram a agilidade no teste realizado após a partida em comparação com o realizado anteriormente. Ambas as bebidas não foram capazes de melhorar o desempenho na execução do teste de agilidade após a partida (p= 0,95). O consumo de BEC proporcionou um efeito ergogênico para jogadores de futebol, aumentando a potência de membros inferiores relacionada com a força explosiva. Contudo, quanto à agilidade não foi possível identificar vantagens no desempenho

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922009000700010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.