Efeito do Gênero Sobre Fatigabilidade da Musculatura Lombar

Por: Fernando Sérgio Silva Barbosa, Marcelo Pinto Pereira e .

Motriz - v.12 - n.1 - 2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito do gênero sobre a atividade eletromiográfica e o tempo de resistência isométrica (TRI) dos músculos Multífido e Ilíocostal lombares. Oito homens e seis mulheres realizaram a extensão isométrica do tronco em decúbito ventral a 5%, 10%, 15% e 20% da contração isométrica voluntária máxima (CIVM) até a exaustão. Os resultados demonstraram que não houve diferenças no slope de RMS; as mulheres apresentaram maior TRI na carga de 5%, e maiores slopes de FM em ambos os músculos nas cargas de 5%, 10% e 15% da CIVM e no IC para carga de 20% em relação aos homens. Em ambos os gêneros os resultados eletromiográficos foram diferentes em função da intensidade de contração, que oportunizará melhor entendimento sobre as dores lombares decorrentes da uma fadiga seletiva e desenvolver programas de exercício diferenciados para ambos os músculos.

Endereço: http://cecemca.rc.unesp.br/ojs/index.php/motriz/article/view/59/40

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.