Efeito Hipotensivo do Exercício Contra-resistência: Juntando as Evidências

Por: e Frobson Nunes Caldas.

Revista Baiana de Educação Física - v.5 - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

A redução da pressão arterial abaixo dos níveis préexercício após uma sessão de exercício físico aguda é conhecida como hipotensão pós-exercício. A hipotensão pós-exercício tem grande importância no tratamento da hipertensão arterial, principalmente quando a pressão arterial tem uma grande queda e esta diminuição perdura por várias horas. Neste trabalho, tentaremos analisar a ocorrência da hipotensão pós-exercício e levantar possíveis variáveis influenciadoras no comportamento da pressão arterial após o exercício contra-resistência. Acreditamos que a hipotensão no exercício contra-resistência, quando presente, seja determinada por algumas variáveis influenciadoras, tais como a intensidade da sessão de treinamento, a condição clínica do indivíduo, particularmente se é ou não hipertenso, e o status de condicionamento - sedentário ou ativo. A partir da nossa revisão, entendemos que ainda é cedo para afirmar que exista de fato uma hipotensão após as sessões de exercício contra-resistência, assim como ainda não podemos eleger nenhuma variável influenciadora, até porque a quantidade de trabalhos referentes a este tema é muito pequena. Mas, por outro lado, podemos afirmar que as elevações da pressão arterial que acontecem durante a realização do exercício contra-resistência, não permanecem após a sessão, podendo fazer parte da rotina de exercícios de indivíduos portadores de hipertensão arterial, uma vez que confere diversos benefícios para estas pessoas.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.