Efeito da Idade Relativa no Futebol

Por: Alessandro Hervaldo Nicolai Ré, Carla Nascimento Luguetti, Gerson Correia Carli e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.17 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Durante o processo de formação esportiva no futebol, o agrupamento para a composição das categorias competitivas é realizado de acordo com o ano de nascimento. Assim, os jovens nascidos nos primeiros meses do calendário apresentam uma maior idade cronológica, fato que pode proporcionar uma vantagem no desempenho durante os jogos e treinamentos, o que é comumente denominado na literatura esportiva como um efeito da idade relativa. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar o efeito da idade relativa em jogadores de futebol das categorias Sub17 e Sub20 da Europa e da América do Sul. Foram avaliados 399 futebolistas participantes dos Mundiais nas categorias Sub17 e Sub20 no ano de 2007, divididos em quartos de ano de acordo com o mês de nascimento: a) janeiro, fevereiro e março; b) abril, maio e junho; c) julho, agosto e setembro; d) outubro, novembro e dezembro. Todos os grupos apresentaram maior tendência em selecionar indivíduos nascidos nos primeiros meses do calendário, sendo mais evidente na categoria Sub17 e na confederação Europeia. Deste modo, a formação esportiva pode estar sofrendo influência do mês de nascimento. O agrupamento etário utilizado nas categorias de base pode proporcionar uma desvantagem transitória em jovens com grande potencial de desempenho.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1048

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.