Efeito do Método de Facilitação Neuromuscular Proprioceptivo -3s na Articulação do Quadril de Jogadores de Futebol.

Por: Lais Helena Pinheiro Lima e Silva.

90 páginas. 2000

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho visou pesquisar o efeito da aplicação de um método para desenvolver a flexibilidade em atletas de futebol. Foram escolhidos os movimentos de flexão, extensão e abdução de quadril, medidos de forma linear (fita métrica metálica de Stanley) e angular (flexímeter), em posição ortostática. Selecionados 37 atletas de futebol de campo de 15 a 19 anos, do sexo masculino, efetuou-se três conjuntos de medidas, onde o G1 e G2 foram os grupos experimentais, com aplicação do método de FNP-3S e o G3 o grupo controle (sem aplicação do método) Medidos:1ª) "à frio", sem prévio aquecimento ou "imediatamente após a aplicação do 3S"e 2ª) 10’após à primeira medida. Foi feita análise descritiva dos dados e realizada a análise de variância e dois fatores e a correlação intra-classe (CCI) entre as repetições. Resultados obtidos: a) não existe diferença significativa nas medidas tomada no instante zero ("à frio") e a 10’após, com flexímeter ou com fita métrica entre G1, G2 e G3 para flexão, extensão e abdução; b) as medidas foram consideradas reprodutíveis, embora com CCI baixos; a abdução com método de fita métrica foi a mais reprodutível; c) não houve efeito agudo da aplicação do 3S nos grupos G1 e G2, com ambos os equipamentos; exceto após a aplicação do 3S, medindo-se com flexímeter na extensão direita.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1572&listaDetalhes%5B%5D=1572&processar=Processar

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.