Efeito da Oclusão de Informações Espaciais na Cortada do Voleibol Sobre a Tomada de Decisão Defensiva em Atletas com Diferentes Níveis de Experiência

Por: , Fábio Luis Bordini, Inara Marques, Josiane Medina Papst, Marcelo Alves Costa e .

Revista da Educação Física - UEM - v.24 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo analisou o efeito da oclusão de informações espaciais na cortada do voleibol sobre a tomada de decisão defensiva em atletas com diferentes níveis de experiência. Os participantes foram divididos em grupo adulto (GAD; n=16), infanto/ mirim (GIM; n=16) e adulto novato (GNO; n=16). Foram ocluídas 5 informações espaciais: bola (OE1), braço e mão (OE2), cabeça (OE3), tronco (OE4) e MMII como condição controle (OE5). Foi mensurada a precisão na predição da trajetória da bola e a confiança da resposta. O GAD foi mais preciso que os demais grupos na condição OE2 (P’s<0,008), que proporcionou o pior desempenho dos grupos (P’s<0,001). O GAD apresentou maior confiança que o GNO em todas as condições (P’s<0,003), mas sem diferença em relação ao GIM (Bonferroni P’s>0,036). O GIM apenas foi mais confiante que GNO em OE4 (P=0,01). Assim, as informações OE1 e OE2 demonstraram afetar mais o melhor desempenho dos participantes. Palavras-chave: Tomada de decisão; Sinais; Padrão de reconhecimento visual; Voleibol

Endereço: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/17006/12793

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.