Efeito de Oito Semanas de Treinamento de Ginástica Localizada Sobre a Composição Corporal de Mulheres Sedentárias

Por: Cláudia Eliza Patrocínio de Oliveira, Laís dos Santos Pereira, Leonice Aparecida Doimo e Osvaldo Costa Moreira.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.21 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar o efeito após oito semanas de um treinamento resistido coreografado na composição corporal de mulheres sedentárias. Foram avaliadas 25 mulheres, que participaram de oito semanas (24 sessões) de treinamento com a frequência de três aulas semanais. As sessões de treino duraram cerca de 50 minutos e foram todas idênticas da primeira à última. As séries de exercícios foram contínuas, com duração média de três a quatro minutos cada, sendo reguladas pela música coreografava aquela série. A aula inteira foi composta por 11 músicas, sendo cada uma delas destinada ao trabalho um grupamento muscular específico. Todos os exercícios realizados durante a aula foram executados com controle de ritmo. As avaliadas foram submetidas a uma bateria de testes que envolveram pesagem, aferição de estatura e de dobras cutâneas para a realização do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), do percentual de gordura e da massa corporal magra e gorda. Estes testes foram realizados antes do início da implementação do programa e logo após as oito semanas. Ao final do estudo, constatou-se que houve redução estatisticamente significante nos componentes relacionados à gordura corporal das avaliadas, não havendo alteração na massa corporal magra, no peso e no IMC das avaliadas. Com base nestes fatos, pode-se concluir que o programa de treinamento resistido empregado no estudo teve resultado positivo na redução do percentual de gordura e na manutenção da massa magra das avaliadas após um período de treinamento de oito semanas.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/4190

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.