Efeito da Prática no Planejamento de Ações Motoras de Indivíduos Idosos

Por: Andrea M. Freudenheim, Flávio H. Bastos e Suely dos Santos.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.7 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

RESUMO O objetivo do estudo foi investigar o efeito da prática no planejamento de ações motoras de indivíduos idosos. Participaram do estudo 21 idosos entre 70 e 78 anos de idade. A tarefa consistiu na inserção de uma barra com extremidade semicircular no orifício de uma caixa. Os idosos realizaram, respectivamente, 40, 20 e 20 tentativas nas fases de aquisição, transferência e retenção da transferência. Na aquisição, a barra foi posicionada com sua extremidade voltada para o lado esquerdo e, na transferência e retenção da transferência, para o lado direito. O momento em que a barra foi orientada corretamente (preensão, transporte e/ou inserção) e o tempo de realização da tarefa foram utilizados como medidas, respectivamente, da qualidade do planejamento e do desempenho. Nas mudanças de fase (aquisição/transferência/retenção da transferência), foi constatada manutenção do planejamento e piora do desempenho. Em função da prática, houve melhora do planejamento ao longo da fase de transferência e melhora do desempenho, ao longo das três fases do experimento (p<0,05). Concluiu-se que: a capacidade de planejar dos idosos não é tarefa-específica; diante de uma perturbação, idosos trocam velocidade por planejamento; e, que a prática precedida por uma perturbação (modificação da tarefa), desencadeia melhora qualitativa do planejamento. Palavras-chave: idoso, planejamento de ações motoras, aprendizagem motora

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.