Efeito da Prescrição de Caminhada Sem Su- Pervisão da Prática Num Parque Público de São Paulo

Por: Julia Albino, Paula Roberta Pádua, Paulo Panisi e Victor Matheus Silva Martins.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.17 - n.5 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou avaliar o efeito da prescrição de caminhada, realizada sem supervisão da execução, na aptidão física e no risco cardiovascular de usuários de um parque público. Para tanto, 113 voluntários foram avaliados por um questionário de risco cardiovascular; medidas antropométricas, metabólicas e cardiovasculares; e testes de aptidão física. Em seguida, receberam uma prescrição individualizada de caminhada, que realizaram sem supervisão direta de um profissional e foram reavaliados entre 3 e 9 meses.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/572.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.