Efeito Subagudo do Exercício Físico Sobre a Hipertensão Arterial Sistêmica e Qualidade de Vida em Pacientes da Estratégia de Saúde da Família em Um Município de Pequeno Porte

Por: José Aderval Aragão.

68 páginas. 2015 31/08/2015

Send to Kindle


Resumo

Está bem estabelecido que o exercício exerça efeito hipotensor, fato que o torna um importante método de prevenção, controle e tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), sendo a caminhada o exercício mais conhecido e recomendado por profissionais da Estratégia de Saúde da família (ESF). Apesar disso, nenhum estudo comparou o efeito hipotensor de um programa de caminhada e força com um programa de caminhada sobre a Pressão Arterial (PA) e a Qualidade de Vida (QV) de hipertensos com mais de 50 anos atendidos pela ESF. Assim, o objetivo do presente estudo foi comparar o efeito subagudo do exercício físico sobre a pressão arterial e qualidade de vida em hipertensos com mais de 50 anos, atendidos pela ESF de um município de pequeno porte. Foram randomizados 118 indivíduos em grupo caminhada e grupo caminhada mais exercício de força. Antes de iniciarem as atividades, bem como após as doze semanas de intervenção, os hipertensos passaram por uma avaliação constituída de cinco etapas. Foi constatada redução dos valores da Pressão Arterial (PA), bem como melhora no escore de qualidade de vida de ambos os grupos, sendo mais importante no grupo que realizou caminhada e exercício de força.

Endereço: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4954

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.