Efeito do Treinamento na Aptidão Física da Bailarina Clássica

Por: Carla Adriane Pires Ragasson, Jocimar Prates Muller, Marco Aurélio Vaz e Viviane Bortoluzzi Fração.

Movimento - v.6 - n.11 - 1999

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar as características músculo esqueléticase fisiológicas das bailarinas clássicas, e verificar se houve melhora destas características frente ao treinamento de quatorze semanas, aplicado com base no déficit físico-funcional de cada bailarina. Melhoras significativas foram observadas na capacidade aeróbica e nas amplitudes de movimentos de flexão, extensão e rotação externa dos quadris no grupo experimental no reteste. Não houve diferença significativa na força muscular, na flexibilidade músculo-esquelética geral e nas medidas antropométricas intragrupos e intergrupos no teste e reteste, enquanto a avaliação da composição corporal revelou uma diferença significativa dos percentuais de massa gorda e de massa magra entre os dois grupos no reteste. Os resultados encontrados sugerem que um treinamento complementar da aptidão física melhora a capacidade físico-funcional e a performance de bailarinas, o que pode contribuir na prevenção de lesões.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/2479/1129

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.