Efeito do Treinamento com Pesos, Prescrito Por Zona de Repetições Máximas, na Força Muscular e Composição Corporal em Idosas

Por: André Luiz Demantova Gurjão, Carla Micheli da Silva, Leandro Ferreira, e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.8 - n.4 - 2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verifi car o efeito do treinamento com pesos, prescrito por zona de repetições máximas (RM), sobre a composição corporal e a força muscular em mulheres acima de 50 anos. Para tal,+ foi utilizada uma pesquisa do tipo quase experimental. A amostra foi composta por 30 idosas (61,1±7,3 anos), sem problemas de saúde que impedissem a prática da intervenção proposta. A força muscular máxima foi avaliada por meio do teste 1-RM e a composição corporal pela técnica de bioimpedância elétrica, com observância do protocolo de 24 horas antecedentes a cada uma das duas avaliações. O treinamento foi realizado com 3 sessões semanais, compostas de 2 séries com 10 a 12 RM para cada um dos exercícios propostos e duração total de 12 semanas. Os dados foram analisados através de estatística descritiva e do teste t de Student pareado, com nível de signifi cância de p<0,05. Não foram encontradas alterações estatisticamente signifi cativas (p> 0,05) nas variáveis de composição corporal, exceto pequena mudança na massa corporal e, por infl uência desta, no índice de massa corporal (p<0,05). A força muscular aumentou signifi cativamente (p<0,01) nos músculos extensores e fl exores dos joelhos (36,5% e 34,3%, respectivamente) e dos cotovelos (13,7% e 16,3%, respectivamente). A interpretação dos resultados sugere que a prescrição por meio de zonas de RM proporciona aumento da força muscular, contudo não altera massa corporal magra, percentual de gordura e gordura corporal absoluta, em mulheres idosas.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3924

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.