Efeito do Treinamento de Força Periodizado Sobre a Composição Corporal e Aptidão Física em Mulheres Idosas

Por: Claudio de Oliveira Assumpção.

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.4 - 2008

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos de um treinamento de força periodizado de 12 semanas sobre a composição corporal e aptidão física em mulheres idosas ativas. A amostra foi composta de 28 voluntárias com idade de 65,5 ± 3.6 anos, com mínimo de um ano de experiência prévia em treinamento de força. As participantes foram randomicamente divididas em 2 grupos: G1P (n=16, grupo periodizado) e G2NP (n=12, grupo não periodizado). O programa de treinamento foi composto de 12 semanas com duas sessões semanais. Foram mensuradas a massa corporal, estatura, índice de massa corpórea (IMC) e percentual de gordura. As variáveis de aptidão física avaliadas foram: flexão de braços, salto vertical, flexibilidade (Banco de Wells) e teste de caminhada de 1600 metros para determinação indireta do VO2max. O percentual de gordura diminuiu significativamente no G1P. Houve aumento significativo na flexão de braço, salto vertical e VO2max no G1P. O G2NP não apresentou modificações significativas ao final das 12 semanas de treinamento nas variáveis supracitadas. Conclui-se que a periodização do treinamento de força influenciou positivamente a composição corporal e as variáveis de aptidão física, mostrando que pode ser uma importante ferramenta na prescrição do treinamento de força para obtenção de resultados mais eficientes.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/4014/3789

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.