Efeito do Treinamento de Futebol de Salão no Consumo Máximo de Oxigênio e na Potência Anaeróbia Láticaealática

Por: , , Karina E. S. Silva, Leandro R. Altimari e Luiz Claudio Reeberg Stanganelli.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O treinamento de qualquer modalidade esportiva requer um conhecimento mais preciso dos efeitos da especificidade do treinamento. Em modalidades coletivas como ofutebol desalão, onde vários parâmetros metabólicos podem influenciar o desempenho, este tipo de análise tem se revelado um meio imprescindível*para a caracterização das exigências específicas que são impostas aos atletas durante a competição. Assim, o objetivo desse estudo foi analisar a evolução dosíndices deavaliação metabólica (consumo máximo de oxigênio, potência anaeróbia lática e alática), antese após24semanas de treinamento. Para, tanto fizeram parte da amostra 19 indivíduos do sexo masculino, divididos emdoisgrupos (Gl -controle/11 indivíduos não atletas, e Gll -treinamento/8 atletas), com média deidade de16,87+0,83 e 15,57±1,31, respectivamente. Para a estimativa dos índices metabólicos utilizou-se dos métodos indiretos propostos por MATSUDO (1987). Através da análise dos dadosfoi possível detectar diferenças estatisticamente significantes, oriundas do treinamento e do nãotreinamento apenas na potência anaeróbia lática e alática em favor dos atletas defutebol desalão. Os resultados sugerem que a melhora observada nas variáveis analisadas se deu pelo efeito fisiológico do treinamento esportivo.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.