Efeito de Treinamentos de Flexibilidade Sobre a Força e o Torque Muscular: Uma Revisão Crítica

Por: Claudia Teixeira-arroyo e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.21 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

RESUMO: A flexibilidade é uma capacidade física de vital importância tanto para atletas como para os demais indivíduos. O presente estudo analisou estudos que observaram as possíveis influências do treino de flexibilidade nos níveis de força e torque muscular. Foram incluídos 23 estudos. Destes, 15 observaram o efeito agudo de uma sessão de alongamento e 8 estudos observaram o efeito de uma rotina de no mínimo 4 semanas de alongamento. Dos 15 estudos transversais, 8 não relataram influência e 7 observaram uma influência negativa nos níveis de força e torque. Sete estudos longitudinais observaram uma melhora nos níveis de força e torque e apenas um relatou influência negativa. Os resultados encontrados apontam para os efeitos distintos do treino de flexibilidade. Aparentemente, o treinamento dessa capacidade tem efeito agudo deletério ou neutro nos níveis de força e torque, devendo ser evitado antes de uma sessão de treinamento de força. Por outro lado, seu efeito crônico parece ser benéfico, devendo ser mantida a recomendação para a inclusão de rotinas de exercícios de flexibilidade paralelamente ao treinamento de força, como forma de se obter melhores ganhos na força e no torque muscular.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3711

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.