Efeitos Adaptativos do Treinamento com Mini-trampolim Dentro da água

Por: , Carlos Roberto Padovani, Juliana Paula Leite, Paula Tatiane Alonso e Tatiana Coletto dos Anjos.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.14 - n.3 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se mensurar os efeitos adaptativos alcançados em programa sistematizado de mini-trampolim na água, também conhecido como Hidro Jump. Esta modalidade é realizada em mini cama elástica adaptada para piscina, na qual são executados exercícios coreografados aeróbios de baixo impacto. O estudo consistiu na aplicação de treinamento, na piscina da Faculdade de Educação Física da UNICAMP, em grupo de 20 voluntárias sedentárias do sexo feminino com idades variando entre 20 a 35 anos. O esquema operacional foi composto por três sessões semanais de 45 minutos durante dezesseis semanas. Para caracterizar as alterações fisiológicas foram feitas avaliações pré e pós periodização nas variáveis: 1) Resistência muscular localizada (RML), por repetição máxima em 1 minuto, 2) Consumo máximo de oxigênio (VO2) em banco de Astrand, 3) flexibilidade, teste de sentar e alcançar (banco de Wells). Para a comparação dos dados antes e depois do treinamento, aplicou-se t de Student para amostras dependentes, utilizando-se pacote estatístico SPSS. Obtiveram-se aumentos significativos da resistência muscular de membros inferiores e superiores, além de melhoras significantes na freqüência cardíaca de recuperação pós-exercício e no consumo máximo de oxigênio. Estes resultados indicam que o mini-trampolim na água é eficaz para incremento de algumas capacidades físicas relacionadas à saúde.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/697/702

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.