Efeitos de Conseguir a Primeira Posse da Bola Sobre o Marcador nos Campeonatos do Mundo de Polo Aquático 2003 e 2007

Por: Encarnación Ruiz Lara, Francisco Manuel Argudo Iturriaga e José Luis Arias Estero.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.34 - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a influência de conseguir a primeira posse da bola sobre o marcador parcial e final em polo aquático. Gravaram-se as 192 partidas disputadas por todas as equipes participantes nos Campeonatos do Mundo, de 2003 e 2007. A amostra do estudo foram as equipes participantes das referidas competições. Utilizou-se a metodologia observacional. Os jogos foram filmados e, posteriormente, analisados com o software “Polo Análisis v. 1.0 directo”. O resultado demonstrou que 43,4% das equipes masculinas e 52,6% das equipes femininas que conseguiram a primeira posse da bola, desfrutaram de um resultado parcial favorável ao longo dos períodos. As equipes masculinas que ganharam mais de 50% das partidas, conseguiram a primeira bola em mais de um período. Isto ocorreu na categoria feminina em mais de dois períodos. Em conclusão, conseguir a primeira posse da bola em um maior número de períodos está relacionado com um resultado parcial e final favorável.

Endereço: http://rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/1100

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.