Efeitos da Dieta Rica em Leucina e da Atividade Fisica Sobre a Matriz Extracelular de Tendão de Ratos Submetidos a Recuperação Nutriconal

Por: Alexandre Wesley Carvalho Barbosa.

58 páginas. 2006 10/11/2006

Send to Kindle


Resumo

o tendão apresenta-se como um dos integrantes essenciais do complexo de movimentação angular nas articulações e tem sido estudado em sua estrutura e composição bioquímica quando sob tensão, compressão, após exercício e durante o envelhecimento. Em condições de estresse, a constituição bioquímica da matriz extracelular do tendão é alterada no tipo e/ou na quantidade do colágeno, proteoglicanos e glicosaminoglicanos. A desnutrição severa afeta de forma significativa à síntese protéica e a capacidade de resposta corporal à atividade física. A utilização de dieta rica em leucina tem demonstrado influência no implemento da síntese protéica e na recuperação corpórea após desnutrição severa. O presente estudo se propôs a submeter ratos às condições: (1) desnutrição protéica severa; (2) recuperação nutricional com dieta normal (C); (3) recuperação nutricional com dieta rica em leucina (L); e (4) exercício físico na água, e analisar os conteúdo de colágeno e as propriedades biomecânicas do tendão flexor profundo dos dedos de ratos. Após período de desnutrição, grupos recuperados com leucina apresentaram concentrações elevadas de hidroxiprolina em relação aos demais grupos. Quanto à carga, grupos exercitados obtiveram valores idênticos ao controle. O grupo desnutrido apresentou menor valor entre os demais. Na tensão, o controle, o desnutrido e o recuperado com leucina não diferiram entre si, diferindo apenas do controle exercitado.O grupo renutrido com dieta C e exercitado sofreu a menor tensão. Os maiores valores de deformação foram observados no controle, recuperado com dieta L e recuperados com dieta C (exercitado e sedentário). Os grupos desnutrido, recuperado com leucina e exercitado e o controle exercitado, que obtiveram os menores valores, diferiram dos grupos recuperado com leucina e renutrido com dieta C e exercitado, estes semelhantes ao controle. Os resultados sugerem que, após desnutrição protéica, a dieta L promove implementação na síntese de colágeno do tendão, no entanto, para níveis nonnais de colágeno, a aplicação da dieta C é suficiente. O exercício físico na água favorece a síntese de colágeno, principalmente quando associado à dieta L, mas as propriedades biomecânicas são afetadas por microtraumas cumulativos resultantes do protocolo empregado. Uma menor intensidade no programa de exercícios pode favorecer a resposta à tração

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000400261&opt=3

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.