Efeitos da Natação e Caminhada nos Aspectos Relacionados à Saúde de Policiais

Por: Beatriz Angélica Valdivia Arancibia, Elizandra Gonçalves Ferreira, Franciele Cascaes da Silva, Paulo José Barbosa Gutierres Filho, Ricardo Moreno Lima e Rudney da Silva.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.31 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

RESUMO

O presente estudo teve como objetivo comparar os efeitos da natação e caminhada após 24 semanas de treinamento sobre os indicadores antropométricos de obesidade, atividade física, risco coronariano e com qualidade de vida relacionada á saúde entre os policiais militares do estado de Santa Catarina, Brasil. A amostra incluiu 51 policiais militares (sexo masculino) que tinham média de idade de 35,53 ± 7,63 anos, com amplitude de 22 a 49 anos, e que preencheram os critérios de inclusão do estudo realizado entre os meses de junho-dezembro de 2012. Os sujeitos foram entrevistados e coletados os dados demográficos e ocupacionais, antropometria, nível de atividade física e saúde. Os voluntários foram divididos em três grupos de acordo com a sua preferência: Grupo Experimental de Natação (n = 24); Grupo Experimental de Caminhada (n = 24); e Grupo Controle (n = 24). As análises estatísticas foram realizadas utilizando análise descritiva e Anova One-Way e Anova Two-Way seguido pelo post hoc de Bonferroni, teste t de Student, teste de Kruskal-Wallis e o teste U de Mann-Whitney seguido pela correção de Bonferroni, o teste de Wilcoxon, e teste d de Cohen. Houve uma diferença significativa na perimetria da cintura, índice de conicidade e relação cintura-estatura, atividade física no trabalho, atividades vigorosas e risco coronariano no grupo natação e no grupo de caminhada, houve uma diferença significativa no percentual de gordura, massa magra e massa gorda após 24 semanas de treinamento. O programa de natação contribuiu para reduções significativas na circunferência da perimetria da cintura, índice de conicidade e relação cintura-estatura e risco coronariano e no aumento dos níveis de atividade física no trabalho e atividades vigorosas. Além disso, um programa de caminhada contribuiu para reduções significativas na gordura corporal relativa e massa gorda e no aumento da massa magra entre os policiais militares.

Endereço: http://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/147539

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.