Efeitos da Suplementação de Whey Protein Versus Colágeno Enriquecido com Leucina Sobre a Potência Muscular Após 10 Semanas de Exercício Resistido

Por: Allan Felipe Mendes da Silva, Andreo Fernando Aguiar, Jeanne Karlette Medo e Jeferson Lucas Jacinto.

43º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte Simpoce

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO: A suplementação com proteínas de alta qualidade (ex: whey protein [WP]) em combinação com exercícios resistidos (ER) pode implicar no aumento da taxa de síntese proteica (SP), melhorando a função muscular após o exercício resistido (ER). Prévios estudos sugerem que a suplementação de WP pode promover aumento significativo na taxa de SP em comparação com outras proteínas de baixa qualidade, tal corno o colágeno (CO). Essa vantagem do WP comparado ao CO pode estar relacionada a maior quantidade de aminoácidos essenciais, especialmente a leucina - principal promotor da SP por meio da ativação da via de sinalização nnTOR/p70S6K. Assim, especula-se que os efeitos ergogênicos do CO poderão ser similares ao WP se a quantidade de leucina ingerida semanalmente for equiparada durante o programa de ER. Todavia, estudos adicionais são necessários para confirmar esta hipótese. 

Endereço: http://celafiscs.org.br

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.