Efeitos de Diferentes Métodos de Exercícios Resistidos Sobre o Comportamento Hemodinâmico

Por: E C Caperuto, F G Romero e L F B P Costa Rosa.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.13 - n.3 - 2005

Send to Kindle


Resumo

O propósito do presente estudo foi verificar os efeitos ou respostas fisiológicas – relacionadas a pressão arterial sobre os exercícios resistidos. Foi analizado o comportamento da pressão arterial (utilizou se 80% de 1RM) durante e após a realização dos exercícios resistidos, o efeito da intensidade e variações de métodos. Os voluntários (n=9) realizaram dois métodos de treinamento o alternado por segmento (A.S.) e o localizado por segmento (L.S.), ou seja, os grandes grupos musculares de membro inferior e superior realizados seguidamente e posteriormente alternando os segmentos, com um período de descanso de um treino para o outro de 24 horas. Para comparar as diferenças entre os dois métodos de treinamento, o comportamento da pressão arterial no período pós-exercício suas alterações, magnitude e duração, utilizou-se para as variáveis mensuradas o teste-t de Student (p<0,05). Concluímos que não ocorreram diferença estatisticamente significativa no comportamento da pressão arterial durante a realização dos dois métodos, sendo apontada um hipotensão pós-exercício estatística em ambos, entretanto no método L.S. esta hipotensão com relação aos valores pressão arterial sistólica foi mais prolongada em comparação ao método A.S

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/644/655

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.