Efeitos de Diferentes Treinamentos Calistênicos na Força Isométrica de Jovens Adultos

Por: Dermival Ribeiro Marques Neto, Eloisa dos Santos Vitor, Gabriel Vinicius dos Santos, ínea Beatriz Mota da Silva Santos, Leury Max da Silva Chaves e Marzo Edir da Silva Grigoletto.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

A Calistenia é uma forma de treinamento de força que trabalha com o peso corporal, visando o aprimoramento das capacidades físicas, sem ou com a utilização mínima de implementos e não apresentando necessidade de um local específico para sua aplicação (HARISSON, 2010, p. 52-55). É entendido que o método de treinamento calistênico não seja eficiente na melhora da força máxima devido a não utilização de sobrecarga externa (FLECK, KRAEMER, 2017, p. 1) Contudo, estudos demostraram que dependendo da progressão de carga aplicada, esse método pode ser eficiente na melhora de parâmetros relacionados a força (KOTARSKY et al., 2017, p. 1; KRISHNAN, 2013, p. 9). A partir disso, duas formas de treinamento com peso corporal podem ser destacadas, sendo a primeira buscando recrutar mais fibras musculares em ângulos variados, a segunda seria deslocamento uma maior porcentagem do peso corporal durantes as repetições. Sendo assim, o presente estudo objetivou avaliar os efeitos de dois métodos de treinamento calistênico na força isométrica máxima de jovens adultos.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2019/8conice

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.