Efeitos de Fatores Antropométricos na Resposta do Controle Autonômico Cardíaco e Variáveis Cardiorrespiratórias Após Exercício Aeróbio Submáximo em Homens Fisicamente Ativos

Por: Anne Michelli Gomes Gonçalves Fontes.

33 páginas. 2018 30/01/2018

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A regulação autonômica e as variáveis cardiorrespiratórias após o exercício são influenciadas por diversos fatores, e dentre esses estão incluídos os fatores antropométricos e mais especificadamente, a relação cintura-quadril (RCQ) e a relação cintura-estatura (RCE). Entretanto não está claro na literatura se em homens saudáveis fisicamente ativos a resposta após o exercício é diferente entre sujeitos em faixas diferentes, porém, dentro da normalidade. Objetivo: Verificar os efeitos de diferentes fatores antropométricos na resposta do controle autonômico cardíaco e variáveis cardiorrespiratórias após exercício aeróbio submáximo em homens fisicamente ativos. Materiais e Métodos: O estudo foi realizado em homens saudáveis com idade entre 18 e 30 anos, divididos em grupos de acordo com a RCQ (G1: menor que 0,83 e G2: entre 0,83 e 0,88) e RCE (G1: entre 0,40 e 0,45, e G2: entre 0,45 e 0,50). Não foram analisados indivíduos com distúrbios cardiorrespiratórios, neurológicos, musculoesqueléticos, renais, metabólicos, endócrinos e demais comprometimentos conhecidos ou relatados que impedissem a realização dos procedimentos, indivíduos com PAS > 130mmHg e PAD > 90mmHg em repouso, tabagistas, etilistas, sujeitos sob medicação, além de indivíduos sedentários e insuficientemente ativos segundo o IPAQ. Os grupos foram submetidos a dois protocolos: teste de esforço máximo, realizado para determinação da velocidade máxima (Vmáx), e protocolo de exercício aeróbio submáximo composto por 15 minutos de repouso, 30 minutos de exercício em esteira (5 minutos com velocidade de 6,0 km/h + 1% de inclinação seguido de 25 minutos com intensidade equivalente a 60% da Vmáx + 1% de inclinação), seguido por 60 minutos de recuperação. Foram analisados os índices da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) e as variáveis cardiorrespiratórias antes e após o exercício em diferentes momentos da recuperação.

Endereço: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/153186

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.