Efeitos do Diário Ilustrado Como Recurso Pedagógico nas Aulas de Educação Física Recreativas Sobre o Perfil de Risco Cardiovascular de Escolares com Sobrepeso e Obesidade

Por: Angeliete Garcez Militão.

2014 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar o uso do diário ilustrado (DI) como recurso pedagógico nas aulas de Educação Física recreativa sobre os fatores de risco cardiovascular de escolares com sobrepeso ou obesidade. Foram avaliados peso e estatura de 314 escolares com idade entre 9 e 11 anos matriculados no 3º, 4º e 5º ano da Escola Classe 46 de Ceilândia-DF. Destes, 84 estavam com sobrepeso e obesidade, segundo classificação do índice de massa corporal (IMC) para idade e sexo proposta pela Organização Mundial da Saúde, e 51 (60,71%) foram selecionados para participar do presente estudo. Os escolares foram divididos em três grupos pareados por sexo, idade biológica, Índice de Massa Corporal (IMC) e Percentual de Gordura (%GC): Grupo Exercício Recreativo e Diário (GERD, n=17); Grupo só Exercício Recreativo (GER, n=17) e Grupo Controle (GC, n=17). Todos foram submetidos a avaliações antropométricas, bioquímicas, cardiorrespiratória (VO2max), Nível de Atividade Física (NAF), hábitos alimentares e da Pressão Arterial antes e após a intervenção. Os alunos dos grupos GER e GERD realizaram aulas de educação física juntos na escola durante 10 semanas com 20 sessões de 60 minutos. As aulas foram divididas em: 5 minutos de alongamento; 40 minutos de exercícios recreativos; 15 minutos de volta à calma. Sendo, que na volta a calma os grupos se separavam, o grupo GER realizava exercícios de alongamento e o GERD sentava no chão em círculo e tinham orientação de hábitos saudáveis utilizando o diário ilustrado. Na análise dos dados foi usado a ANOVA com post-hoc Tukey HSD, teste t pareado e não pareado, tabelas de contingências e o teste qui-quadrado. Os resultados mostraram que apenas os alunos que usaram o DI obtiveram redução significativa no peso, Circunferência de Cintura, IMC, %GC, lipoproteína de baixa densidade (LDL), triglicerídeos, PAS, e aumento no NAF de insuficientemente ativos para ativos. Assim como passaram a consumir mais frutas e reduzir a ingestão de massas e refrigerantes de forma significativa. Esses resultados indicam que o diário ilustrado pode ser utilizado como recurso pedagógico nas aulas de educação física recreativas para orientar um estilo de vida saudável e reduzir os fatores de risco para doenças cardiovasculares de escolares de 9 a 11 anos com sobrepeso e obesidade.

Endereço: http://www.bdtd.ucb.br/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.