Efeitos de Diferentes Padrões Respiratórios no Desempenho e na Braçada do Nado Crawl

Por: Marcos Roberto Apolinario.

2010 15/12/2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de diferentes padrões respiratórios no desempenho e na braçada do nado crawl. Participaram do estudo 21 jovens atletas do gênero masculino. Eles foram filmados nadando 25 metros do nado crawl, em velocidade máxima, em quatro condições de respiração: inspiração para o lado preferido (LP); para o lado não preferido (LNP); bilateral (B); e, sem respiração (S). Duas filmadoras digitais (60fps) captaram as imagens que foram analisadas através do software Kinovea 0.8.7 nos 10 metros centrais do percurso. Os resultados permitiram concluir que o padrão respiratório afeta o desempenho de atletas jovens. Mostraram que em termos de velocidade e tempo, é mais vantajosa a condição de nadar crawl em apneia que em qualquer das condições com inspiração (B, LNP, LP); e, no que diz respeito à frequência e comprimento da braçada a condição B é a mais eficiente e a LNP, a menos eficiente dentre as três condições com inspiração utilizadas no presente estudo. Portanto, o padrão preferido de respiração, não necessariamente, corresponde ao mais eficiente em termos do desempenho. Em relação à braçada, os resultados mostraram que, diante da modificação do padrão respiratório, nadadores peritos jovens mantêm a estrutura temporal das braçadas direita e esquerda (aspectos invariantes da braçada) bem como a coordenação entre os braços inalterada enquanto efetuam ajustes na fase aérea da braçada (aspectos variantes)

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-03042011-220819/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.