Efeitos do Alongamento Passivo no Desempenho de Séries Múltiplas no Treinamento de Força

Por: André Luís Rodrigues Santos, Charles Ricardo Lopes, Enrico Gori Soares, e Paulo Henrique Marchetti.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.21 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Recentemente, a prática de exercícios de alongamento tem sido relacionada a déficit no desempenho de atividades força-dependentes. Entretanto, pouco se sabe sobre seu efeito ao longo de séries múltiplas no treinamento de força. Objetivo: Determinar o efeito do alongamento passivo extensivo no desempenho de séries múltiplas e da dor percebida no treinamento de força. Métodos: A amostra foi composta de 12 homens experientes com treinamento de força. O protocolo consistiu de três sessões. A primeira serviu como familiarização e determinação de 10 repetições máximas no supino reto (T10RM). A segunda e terceira condições foram aleatorizadas entre os sujeitos, sendo uma realizada com a avaliação do supino reto (SR) sem alongamento prévio (SEMA), e a outra com alongamento prévio (COMA). O protocolo de alongamento consistiu de seis séries de 45 seg de alongamento por 15 seg de intervalo visando o músculo peitoral maior. A intensidade do alongamento foi mantida entre 70 e 90% da percepção subjetiva de desconforto. Antes e após o exercício, a dor local foi avaliada por meio de breve alongamento e palpação. A Análise de Variância ANOVA (2x6) com medidas repetidas foi utilizada para comparar o número de repetições. One-way ANOVA foi utilizada para comparar a carga da primeira série de cada condição (T10RM/SEMA/COMA). O testet de Student foi utilizado para comparar a carga total com a dor. Resultados: Observou-se decréscimo no número de repetições ao longo das séries em ambas as condições, sem diferenças entre as mesmas, para a carga da primeira série, a carga total e a dor. Conclusão: O número de repetições em séries múltiplas é diminuído na mesma magnitude com e sem a realização do alongamento prévio, além de não alterar a carga total e a dor percebida.
 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922016000200097&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.