Efeitos do Exercício Físico e da Interrupção do Comportamento Sedentário Sobre Parâmetros Cardiometabólicos em Adultos Inativos: Um Ensaio Cruzado

Por: Yuri Alberto Freire de Assis.

71 páginas. 2018 22/02/2018

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO: o comportamento sedentário é associado a um maior risco para alterações cardiometabólicas, como a síndrome metabólica (SM). As recomendações atuais sobre atividade física para saúde têm sugerido redução do comportamento sedentário e prática regular de exercício físico moderado-vigoroso. Entretanto, pouco se conhece sobre os efeitos isolados da interrupção regular do comportamento sedentário e do exercício físico sobre parâmetros relacionados à SM durante um dia de atividades sedentárias em adultos com excesso de gordura corporal. OBJETIVO: analisar os efeitos da interrupção regular do comportamento sedentário e do exercício físico vigoroso sobre a pressão arterial, glicemia e triglicerídeos de adultos com excesso de gordura corporal. MÉTODOS: foi conduzido um ensaio clínico controlado e randomizado com delineamento cruzado em que 25 adultos inativos com excesso de gordura corporal (10 homens; 24,4 ± 3,8 anos; % gordura corporal 34,5 ± 6%; 4.699 ± 1.962 passos por dia) foram submetidos a três sessões experimentais de 10 h com intervalo de uma semana: i) sessão SED, alto comportamento sedentário ao longo do dia; ii) sessão EX+SED, uma sessão de exercício físico vigoroso seguido de alto comportamento sedentário ao longo do dia, e; iii) sessão ATIVO, interrupção regular de comportamento sedentário ao longo do dia (cinco minutos de caminhada leve a cada 20 minutos). Refeições padronizadas foram ofertadas em todas as sessões. A glicemia, pressão arterial e triglicerídeos foram mensurados ao longo do dia. A área sob a curva (ASC) para a pressão arterial, glicemia e triglicerídeos foi calculada e a comparação entre as sessões foi realizada por modelos mistos generalizados, com um alfa de 5 %. RESULTADOS: A ASC da glicemia foi menor na sessão ATIVO [W(2) = 6.180, p = 0,046] quando comparada a sessão SED (p = 0,015). A ASC da pressão arterial diastólica foi menor na sessão ATIVO [W(2) = 6.119, p = 0,047] quando comparada a sessão SED (p = 0,029) e EX+SED (p = 0,035). Não houve diferença estatística na trigliceridemia e na pressão arterial sistólica e média entre as sessões experimentais. CONCLUSÃO: a interrupção regular do comportamento sedentário reduziu a glicemia e pressão arterial diastólica de adultos com excesso de gordura corporal ao longo de um dia de alto comportamento sedentário, enquanto a sessão de exercício físico vigoroso não apresentou efeito sobre os parâmetros analisados. Portanto, a interrupção regular do comportamento sedentário deve ser encorajada para atenuar o risco cardiometabólico de adultos inativos com excesso de gordura corporal que dispendem muito tempo sentado ao longo do dia.

Endereço: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25180

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.