Efeitos do Pedido de Timeout de Equipa na Performance Colectiva no Andebol em Função do Contexto do Jogo

Por: Anna Volossovitch, António Paulo Ferreira e Fernando Gomes.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.31 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

 O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito do pedido de timeout de equipa (TOE) nos indicadores de performance coletiva (eficácia defensiva, eficácia ofensiva e alteração da diferença pontual) em função dos factores contextuais (local do jogo, período de jogo e resultado corrente). Foram analisados 286 TOE, solicitados em 120 jogos da liga ASOBAL da época 2010/2011. Os indicadores de performance foram registados em três momentos; a) no momento do pedido de TOE, b) na terceira posse de bola e c) na quinta posse de bola posterior ao TOE. O teste de ANOVA de medidas repetidas mista foi utilizado para avaliar o efeito de TOE sobre os indicadores de performance em diferentes contextos competitivos. O TOE revelou um efeito positivo de 1ª ordem de baixa magnitude sobre a eficácia defensiva. O efeito interativo positivo de TOE com o período de jogo foi registado sobre a eficácia ofensiva. O impacto de TOE sobre a diferença pontual variou em função do período do jogo e do resultado corrente no momento da solicitação de TOE. O efeito foi positivo e significativo no intervalo de tempo [31’-50’] e significativamente negativo entre os 21 minutos e os 30 minutos.

Endereço: https://doi.org/10.11606/1807-5509201700020413

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.