Efeitos do Pilates Solo na Qualidade de Vida de Mulheres Saudáveis Ativas

Por: Jeniffer Lubiana Campos, Karine Jacon Sarro, Priscila Pereira dos Santos Kuster, Rodrigo Luiz Vancini, Thiago Pereira Lopes e Weverton Rufo Tavares da Silva.

Conexões - v.17 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Objetivos: o objetivo do estudo foi avaliar os efeitos do treinamento com Pilates solo sobre a qualidade de vida em mulheres saudáveis ativas. Metodologia: vinte e cinco voluntárias foram divididas em grupo Pilates (GP, n=13) e grupo controle (GC, n=12). O GP participou de aulas de Pilates solo por 12 semanas, enquanto o GC manteve a prática de suas atividades físicas habituais. O questionário SF-36 foi aplicado para mensurar a qualidade de vida das participantes antes e após as 12 semanas. Resultados e discussão: não houve diferença significativa na qualidade de vida em todos os aspectos do SF-36, tanto na comparação entre grupos como na intra-grupos. Considerações Finais: os resultados indicam que, em mulheres adultas jovens saudáveis e ativas, 12 semanas de prática de Pilates solo não altera a qualidade de vida. Considerando que as mulheres estudadas apresentavam boa qualidade de vida tendo em vista os altos valores iniciais obtidos nos domínios avaliados, os resultados sugerem que a prática de Pilates solo manteve esta condição.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8655513

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.