Efeitos do Sexo e Posição de Jogo na Aptidão Física de Competidores Amadores de Rugby Union

Por: Camila Borges Müller, Eraldo dos Santos Pinheiro, e Tairã Gonçalves Soares.

Pensar a Prática - v.21 - n.4 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se mensurar e correlacionar variáveis antropométricas e de aptidão física de jogadores de rugby union (RU), segundo sexo e posição de jogo. 58 jogadores de RU (34 homens e 24 mulheres) foram envolvidos. Aferiram-se estatura (EST), massa corporal (MC), potência de membros inferiores (SJe CMJ), velocidade de sprint de 10m (S10) e 20m (S20), potência anaeróbia (RAST), e resistência anaeróbia (M5). Entre homens, houve diferenças significativas entre posições em EST, MC, SJ, CMJ, S10 eS20, potência de pico, potência relativa à massa corporal e velocidade do RAST. No feminino, apenas MC variou entre posições. Observaram-se correlações entre S10 e potência média (PM) no masculino, e entre EST e S20, MC e PM, e MC e IF no feminino. Conclui-se que as diferenças na aptidão física entre posições são mais visíveis nos homens, e jogadores da posição backs são mais baixos, leves, rápidos e potentes.

Endereço: https://doi.org/10.5216/rpp.v21i4.49841

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.