Efeitos do Treino Técnico na Assimetria Funcional dos Membros Inferiores de Jovens Futebolistas

Por: Amândio Braga dos Santos Graça, André Seabra e José Guilherme.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.17 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

A assimetria funcional dos membros inferiores é considerada um fator relevante para o desempenho dos futebolistas. O presente estudo teve como propósitos: verificar se um programa de treinamento técnico para o pé não-preferido promovia o aumento do seu índice de utilização durante o jogo; e indagar se a interrupção do programa de treinamento técnico seria acompanhada pela inversão desse efeito. Cinquenta jovens futebolistas foram divididos aleatoriamente em dois grupos: G1 (n=26; 9,50±1,04 anos) e G2 (n=24; 9,58±1,02 anos). Antes do início do programa de treinamento avaliou-se em jogos reduzidos o índice de utilização de ambos os pés de cada jogador. O programa de treinamento teve a duração de 8 meses, divididos em dois períodos de 4 meses. Durante o primeiro período submeteu-se o G1 a um protocolo de treinamento do pé não preferido, enquanto que o G2 serviu de grupo controlo. Durante o segundo período de 4 meses o G1 interrompeu o treinamento técnico enquanto o G2 passou a realizar treinamento técnico. Terminados os 8 meses do programa de treinamento os dois grupos foram sujeitos a nova avaliação do índice de utilização dos membros inferiores. Concluiu-se que (i) o treinamento técnico direcionado para o pé não preferido permitiu aumentar significativamente o respetivo índice de utilização durante jogos reduzidos e que (ii) a interrupção do treinamento revertia de forma parcial este efeito. Deste modo, o treinamento técnico do pé não preferido de jovens futebolistas deverá ser sistemático de forma a que os efeitos positivos sobre a assimetria funcional possam ser mantidos.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2015v17n2p125

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.