Efeitos de Dois Programas de Condicionamento Físico na Aptidão Física de Futebolistas Militares

Por: Bruno Prestes Gomes.

106 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

No futebol, diferentes métodos de treinos estão sendo aplicados no período preparatório a fim de elevar ao máximo o nível de aptidão física dos jogadores para subsequente etapa competitiva. No entanto, tendo em vista o calendário competitivo com pequeno tempo destinado à pré-temporada, faz-se necessário melhor entendimento do processo de preparação física neste período, especificamente quanto sua composição e duração. O objetivo do estudo foi investigar o efeito de dois programas de treinamento físico, com sete semanas (PT7, n= 13) e quatro semanas (PT4, n= 7) de duração, na aptidão física de futebolistas militares (20,1 ± 1,6 anos). Para análise pré e pós-intervenção, avaliaramse antropometria (circunferência, massa corporal e estatura), agilidade, velocidade máxima em sprint de 10 e 30 metros, impulsão vertical, capacidade de sprints múltiplos, força isométrica de membros inferiores e potência aeróbia máxima. Os resultados demostraram aumento estatisticamente significante para velocidade, força máxima, potência aeróbia e anaeróbia para PT7 e PT4. No entanto, apenas PT4 proporcionou aumento estatisticamente significante na potência de membros inferiores (p< 0,01) e agilidade (p< 0,03), e o PT7 diminuiu a massa corporal dos jogadores. Conclui-se que ambos os grupos de treinamento foram capazes de otimizar a aptidão física dos jogadores; porém, o PT4 foi mais eficaz, provocando aumento na potência de membros inferiores e na agilidade. 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes-2013/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.