Efeitos do Exercício Aeróbio de Intensidade Baixa Sobre a Lipemia Pós-prandial e Hormônios do Apetite em Sujeitos Eutróficos e Obesos de Grau 1

Por: André Luiz Lopes.

120 páginas. 2014 13/06/2014

Send to Kindle


Resumo

A Doença Arterial Coronariana (DAC) é a principal causa de morte nos Estados Unidos e outros países ocidentais, incluindo o Brasil. A intervenção usando exercício físico quando comparado a aconselhamentos de hábitos saudáveis tem se mostrado efetivo no controle de parâmetros de saúde em indivíduos com risco de DAC. A dieta tem mostrado papel fundamental na gênese da DAC, por apresentar uma série de respostas dependentes da quantidade e composição da refeição, principalmente no que se refere a lipemia pós prandial (LPP). Uma maneira de verificar a relação entre DACs e lipemia tem sido realizada por meio do estudo das respostas pós prandiais, as quais fazem referência à magnitude da curva pós-prandial de triglicerídeos. O objetivo dessa revisão foi compilar os resultados encontrados sobre lipemia pós prandial (LPP) relacionados ao exercício físico. Para o delineamento bibliográfico, optou-se pela pesquisa de artigos em periódicos nacionais e internacionais, no período de 1956 a 2014, disponíveis nas bases de dados pertencentes à Literatura biomédica (MEDLINE) - Centro Nacional de Informações em Biotecnologia (PubMed) - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Electronic Library Online (SCIELO). Foram utilizados os seguintes descritores: “Lipemia”, “Lipemia pósprandial”, “Lipemia pós-prandial e exercício físico”, “Lipemia pós-prandial exercício físico e obesidade”. A análise foi realizada considerando informações específicas de cada artigo relacionadas ao ano de publicação, país, população, tipo de pesquisa, instrumento utilizado para coleta de dados e tipo de intervenção. Artigos com procedimento estatístico e metodológicos inadequados não foram incluídos na revisão. O resultado de nossa revisão mostra claramente que vários fatores devem ser considerados na elaboração de um estudo que envolva LPP. Fatores como sexo, idade, estado nutricional, tipo de exercício, duração e intensidade tem se mostrado intervenientes nos resultados de LPP.

Endereço: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/107266

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.