Efeitos da Ingestão Alcoólica Crônica e do Exercício Físico na Massa Corporal, no Consumo Alimentar e na Ingestão Líquida de Ratos Wistar

Por: Eduardo Vignoto Fernandes.

Revista da Educação Física - UEM - v.21 - n.3 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da ingestão alcoólica crônica e do exercício físico na massa corporal, no consumo alimentar e na ingestão líquida de ratos Wistar. Vinte animais foram divididos em dois grupos: o grupo alcoolizado, que recebeu aguardente de cana-de-açúcar (30% v/v), e o dos animais-controle, que receberam água potável, por um período de 120 dias. Após o período de ingestão alcoólica, cada grupo foi subdividido em animais treinados e não treinados. Os animais treinados realizaram exercício de natação durante oito semanas. No período de ingestão alcoólica os animais alcoolizados apresentaram redução de peso e de consumo de ração e aumento do consumo de líquido. Após o período de alcoolismo apenas os animais alcoolizados sedentários ganharam peso. Os animais alcoolizados sedentários e treinados apresentaram redução no consumo de ração e não foram observadas diferenças no consumo de líquido entre os grupos. Os resultados sugerem que a ingestão alcoólica crônica provoca um desequilíbrio no metabolismo do animal e que o exercício físico contribuiu positivamente no controle da massa corporal; porém o exercício utilizado não alterou os hábitos alimentares dos animais.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/9454/6566

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.