Efeitos da Prática Regular de Exercícios Físicos Por Portadores de Lúpus Eritematoso Sistemico: Estudo de Revisão

Por: , Cátia Fernandes Leite e Marcio Neres dos Santos.

Conexões - v.11 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A quantidade de estudos relacionando os efeitos do exercício físico sobre parâmetros imunológicos e fisiológicos em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico (LES) ainda é restrita. Objetivo: Revisar a literária a respeito dos efeitos do exercício sobre parâmetros imunológicos e fisiológicos em pacientes com LES. Procedimentos Metodológicos: Foi realizada uma busca nas bases de dados PubMed e Scielo, e nos portais de periódicos Capes e Portal da Pesquisa. Os estudos foram selecionados pela leitura e análise de títulos, resumos e artigos completos. Resultados: No total foram encontrados 140 estudos relacionados ao tema. Após adoção dos critérios de exclusão, seis estudos fizeram parte da análise crítica do conteúdo deste estudo, dentre os quais dois demonstraram haver alterações imunológicas e quatro melhorias nos parâmetros fisiológicos com a execução de exercícios físicos em pacientes com LES. Conclusão: O exercício físico parece ocasionar melhorias na capacidade física, funcional e na função imunológica de indivíduos com LES em baixa atividade da doença. Todavia, existem ainda muitos aspectos que devem ser esclarecidos em relação aos componentes imunológicos e fisiológicos de indivíduos com LES submetidos a programas de exercícios físicos.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/698

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.