Efeitos do Sistema Renina Angiotensina-aldosterona e do Polimorfismo I/d do Gene da Eca no Desempenho Esportivo

Por: Aldo Matos Costa e Antonio José Silva.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.31 - n.1 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O conceito clássico do sistema renina-angiotensina aldosterona (S-RAA) tem sofrido profunda alterações nos últimos anos, sobretudo pelo conhecimento da genética e consequente resposta fisiológica dos seus componentes em vários tecidos, incluindo o músculo-esquelético. A enzima conversora da angiotensina (ECA), elemento-chave desse sistema, apresenta um polimorfismo I/D o qual é responsável pela variação da atividade da ECA no plasma e nos tecidos. A presença do alelo I tem sido associada a maior eficiência muscular em desempenhos aeróbios e a presença do alelo D a ganhos superiores de força e massa muscular. Este artigo revê o atual estado-da-arte relativo às influências do S-RAA e do polimorfismo I/D do gene do ECA no exercício e no desempenho esportivo.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/629

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.