Efeitos da Suplementação de óleo de Fígado de Tubarão Sobre o Sistema Imunitário de Ratos Treinados

Por: Daniele Cristina Vitorino.

62 páginas. 2009 09/04/2009

Send to Kindle


Resumo

Estudos prévios têm demonstrado que a suplementação crônica com óleo de fígado de tubarão (OFT) melhora a resposta imunitária de linfócitos, macrófagos e neutrófilos. De forma semelhante, o treinamento físico também tem a capacidade de estimular o sistema imunitário. Nosso principal objetivo foi investigar o efeito da suplementação crônica com OFT sobre parâmetros imunitários de ratos treinados. Ratos Wistar machos foram divididos em quatro grupos: sedentários (SED, n= 20), sedentários suplementados com OFT (SEDoft, n= 20), exercitados (EX, n= 17) e exercitados suplementados (EXoft, n= 19). Os animais nadaram por 6 semanas, 90 min por dia, 4 vezes por semana em meio liquido a temperatura de 32± 1 °C, com uma sobrecarga correspondente a 6% do massa corporal presa ao tórax de cada rato. Os animais foram ortotanasiados 48 h após a última sessão de treinamento. A suplementação com OFT não alterou a fagocitose, volume lisossomal, a produção de ânion superóxido e peróxido de hidrogênio dos macrófagos peritoneais e neutrófilos sanguíneos. A proliferação de linfócitos do timo e baço foi significativamente maior nos grupos SEDoft, EX e EXoft quando comparadas à do grupo SED (P < 0.05). A proliferação de linfócitos associados ao intestino, por outro lado, foi similar entre os quatro grupos experimentais. Nossos achados demonstram que o OFT e o EX são realmente hábeis em aumentar a proliferação linfocitária, porém sua associação não induziu a um efeito sinergista sobre a resposta imunitária adaptativa. Em adição não encontramos qualquer efeito sobre a resposta imunitária inata. 

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/18858

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.