Efeitos do Treinamento de Dança no Nível de Aptidão Funcional de Mulheres de 50 a 80 Anos

Por: Flávia Gomes de Melo Coelho.

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.3 - 2008

Send to Kindle


Resumo

A capacidade funcional decresce com o envelhecimento, porém a atividade física pode melhorar a aptidão funcional e a habilidade para realizar tarefas da vida diária. Este estudo analisou os efeitos de um programa de dança nos componentes isolados e no índice de aptidão funcional geral (IAFG). Participaram 28 mulheres (62,28 ± 6,93 anos) que realizaram três sessões de dança por semana, durante uma hora, por quatro meses. As voluntárias foram avaliadas pela bateria de testes motores da AAHPERD. A análise foi realizada por meio de estatística descritiva, de teste t de Student pareado e de teste de Wilcoxon. Ocorreram ganhos significativos após treinamento na AGILEQ (s): 24,5±3,5/20,1±2,8*, RESISFOR (rep): 30,8±4,0/32,7±4,6* e IAFG (pts): 364,0/375,0* e manutenção das outros componentes da aptidão funcional. Conclui-se que um treinamento de quatro meses de dança é efetivo para melhorar a AGILEQ, RESISFOR e o IAFG de mulheres de 50 a 80 anos.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/6005/3696

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.