Efeitos do Treinamento Resistido Sobre a Composição Corporal, Perfil Lipídico, Força e Hipertrofia Muscular em Hiv-soropositivos com e Sem Lipodistrofia

Por: Ciro José Brito.

97 páginas. 2010 10/12/2010

Send to Kindle


Resumo

Introdução: a proposta terapeutica "High Active Antiretroviral Therapy" (HAART), terapia antirretroviral de alta atividade, proporcionou grande aumento na sobrevida de pacientes infectados pelo virus da imunodeficiencia humana (HIV). Entretanto, HIV-soropositivos submetidos a HAART podem desenvolver sindrome lipodistrofica do HIV (SLHIV) que caracteriza-se pela redistribuicao da gordura corporal e alteracoes antropometricas associadas com doencas cardiovasculares, diabetes mellitus tipo 2 entre outras. Por outro lado, o treinamento resistido (TR) e citado como intervencao nao-medicamentosa para o controle da glicemia e reducao da resistencia a insulina e obesidade central. Ademais, nao e de nosso conhecimento estudos que tenham controlado a ingestao de macro e micronutrientes a fim de dirimir fatores de confundimento relacionados com a expressao do fenotipo composicao corporal em HIV-soropositivos. Objetivo: investigar os efeitos do TR sobre variaveis antropometricas, bioquimicas, imunitarias, forca e qualidade de vida em individuos HIVsoropositivos com ou sem SLHIV. Materiais e metodos: trata-se de um desenho quaseexperimental com pre e pos-testes. Participaram deste estudo 45 soropositivos (39,4}11,0 anos) de ambos os generos, os quais foram aleatoriamente alocados em 4 grupos: i) Lipodistrofia mais exercicio (LE, n = 12); ii) Ausencia de lipodistrofia mais exercicio (SLE, n = 11); iii) Lipodistrofia sem exercicio (LSE, n = 11); iv) Ausencia de lipodistrofia sem exercicio (SLSE, n = 11). Os grupos LE e SLE realizaram 3 sessoes de exercicios semanais, sendo realizadas 10 repeticoes a 80% de uma repeticao maxima (1RM). Em todas as sessoes realizaram-se exercicios de supino, agachamento, pulley costas, mesa flexora, rosca biceps, triceps e cadeira extensora. Resultados: observou-se que as medidas de pre-teste sobre as variaveis colesterol total (211,7}24,3 vs. 192,4}25,5 mg/dL), lipoproteina de baixa densidade (131,3}23,2 vs. 119,5}17,1 mg/dL), triglicerides (175,5}50,1 vs. 142,4}33,3 mg/dL), glicemia de jejum (100,7}19,9 vs. 84,4}9,7 mg/dL), gordura subcutanea total (140,6}52,3 vs. 122,5}31,6 cm) e central (111,6}44,9 vs. 82,7}22,9 cm) e circunferencia de cintura (90,5}12,7 vs. 78,9}11,5 cm) foram significativamente (P.0,05) mais elevadas nos grupos com lipodistrofia (LE e LSE) quando comparados aos demais. No entanto, estas variaveis apresentaram reducao significativa (P.0,05) pos-intervencao no grupo LE sugerindo efeito protetor do TR na manifestacao de co-morbidades associadas ao uso continuo da HAART. Verificou-se aumento significativo (P.0,05) na forca muscular e area muscular do braco isenta de massa ossea (AMB) dos grupos LE, SLE, o mesmo nao foi observado para os grupos. Ademais, constatou-se melhora significativa (P.0,05) em todos os indicadores de qualidade de vida nos grupos LE e SLE, o que nao foi observado nos demais grupos. Conclusao: os resultados sugerem que 24 semanas de TR contribuem significativamente para controlar os efeitos adversos do uso continuo da HAART e, provavelmente, reduzem a manifestacao destas alteracoes em pacientes sem redistribuicao da gordura corporal.

Endereço: http://www.bdtd.ucb.br/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.