Efeitos de Um Programa de Atividade Física no Equilíbrio e na Força Muscular do Quadríceps em Mulheres Osteoporóticas Visando Uma Melhoria na Qualidade de Vida

Por: Ana Cláudia Muniz Rennó, Jorge Oishi, Marcela Tavella Navega, Mariana Chaves Aveiro e Renata Neves Granito.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.12 - n.3 - 2004

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os efeitos de um programa de atividade física para melhora da força muscular do quadríceps, do equilíbrio e da qualidade de vida de mulheres osteoporóticas. 16 mulheres com diagnóstico densitométrico de osteoporose na coluna e/ou fêmur,com 60 - 74 anos de idade (67,2 ± 3,7), participaram deste estudo. Todas as voluntárias foram submetidas a avaliação do torque isométrico de extensão do joelho através do dinamômetro isocinético BIODEX, a avaliação do equilíbrio e responderam a um questionário de qualidade de vida (OPAQ). Em seguida, elas foram submetidas a um treinamento físico, orientado por um fisioterapeuta, durante 12 semanas, com freqüência de 3 vezes por semana. Cada sessão incluiu caminhada, exercícios de alongamento, exercícios para os músculos extensores do joelho. Depois deste período as voluntárias foram reavaliadas. Os dados foram estatisticamente avaliados através do teste não paramétrico de Wilcoxon e mostraram diferença significativa entre as avaliações (p < 0,05). Os resultados encontrados neste estudo permitem concluir que o programa de atividade física foi eficiente para melhorar o torque dos músculos extensores do joelho, o equilíbrio e a qualidade de vida de mulheres osteoporóticas, sugerindo que o programa de treinamento é efetivo e seguro para mulheres osteoporóticas. PALAVRAS-CHAVE: osteoporose, força muscular, equilíbrio, qualidade de vida, atividade física.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.