Efeitos de Um Programa Educativo Sobre Práticas e Saberes de Trabalhadores da Estratégia de Saúde da Família Para a Promoção de Atividade Física

Por: Alex Antonio Florind e Thiago Hérick de Sá.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.17 - n.4 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O estudo buscou avaliar os efeitos de um programa educativo sobre práticas e saberes de trabalhadores da Estratégia de Saúde da Família para a promoção de atividade física. Realizou-se um ensaio controlado com 83 profi ssionais de duas Unidades Básicas de Saúde de São Paulo, de julho a outubro/2010. O Grupo Qualifi cação (GQ; n= 39) participou de programa educativo baseado na pedagogia freireana e na Política Nacional de Educação Permanente, enquanto o Grupo Controle (GC; n= 44) não recebeu intervenção no período. O programa educativo teve adesão de 56,5%, agentes comunitários de saúde em sua maioria (95,5%; p<0,001). De acordo com a análise qualitativa, ele foi muito bem avaliado pelos participantes, promovendo alterações sobre a representação da AF e sobre a qualidade do aconselhamento para prática. Também foi reconhecido pelos participantes como espaço de diálogo e acolhimento. O programa educativo proposto
abre caminhos para a formação de profi ssionais de saúde sobre o tema da atividade física na atenção básica e se apresenta como uma interessante tecnologia de formação em serviço, em consonância com a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde e com a atual estrutura organizacional para a promoção de atividade física no Sistema Único de Saúde.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/551.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.