Efeitos de Um Programa de Exercícios Aquáticos e Acupuntura em Indivíduos com Dor Lombar Crônica

Por: Bárbara Maria Camilotti.

2013 25/11/2013

Send to Kindle


Resumo

Dores lombares acometem grande parte da população e promovem impacto na sociedade e na qualidade de vida. As recomendações clínicas indicadas para prevenção e tratamento de dor lombar incluem exercícios aquáticos e acupuntura. No presente estudo pretendeu-se comparar os efeitos de um programa de exercícios aquáticos (AI CHI), cranioacupuntura de Yamamoto (YNSA) e a combinação do AI CHI e YNSA (ACY) em relação ao grupo controle (CON) na intensidade da dor, funcionalidade, qualidade de vida e atividade elétrica dos músculos paravertebrais de indivíduos com dor lombar crônica. A pesquisa consistiu de um estudo clínico experimental com amostra randomizada, realizado com 57 indivíduos com dor lombar crônica, de ambos os gêneros e idade entre 40 a 77 anos. Foram realizadas 10 intervenções com frequência de 2 vezes por semana. O grupo controle recebeu atendimento após a reavaliação, que foi realizada 5 semanas após a avaliação. A intensidade da dor foi avaliada por uma escala visual analógica (EVA), a funcionalidade pelo Índice de funcionalidade de Oswestry, a qualidade de vida pelo questionário SF36 e a atividade dos músculos paravertebrais pela eletromiografia EMG, na qual foram analisadas as razões de flexão relaxamento (RFR), extensão relaxamento (RER) e extensão/flexão (REF). Observou-se redução significativa na intensidade da dor e incremento na funcionalidade (p<0,05) nos grupos AI CHI, YNSA e ACY, em relação à avaliação e em relação ao grupo controle. Em relação à qualidade de vida observou-se incremento significativo (p<0,05) na saúde física (domínios capacidade funcional e limitação por aspectos físicos) nos grupos YNSA e ACY em relação às avaliações e em relação ao grupo controle. No domínio dor os três grupos experimentais apresentaram redução significativa em relação às avaliações e em relação ao grupo controle. Em relação à saúde mental, os aspectos sociais e emocionais apresentaram melhora significativa no pós-teste nos grupos YNSA e ACY e os domínios vitalidade e saúde mental apresentaram melhora significativa apenas no grupo ACY. Na EMG observou-se aumento significativo na RFR bilateralmente no grupo ACY e aumento na RER no lado direito no grupo ACY (p<0,05). Não foram observadas diferenças significativas na RER. Desta maneira conclui-se que AI CHI, YNSA e ACY são abordagens terapêuticas efetivas para redução da intensidade da dor e melhora na funcionalidade em indivíduos com dor lombar crônica. Os grupos YNSA e ACY são efetivos para melhora nos aspectos físicos e mentais da qualidade de vida, neste estudo. Entretanto, apenas a combinação dos métodos é capaz de promover modificações no comportamento motor da coluna vertebral evidenciado pela redução na atividade EMG anormal durante a fase de flexão total do tronco. Desta maneira, sugere-se que os a combinação dos métodos AI CHI e YNSA é eficaz para redução da dor lombar crônica, melhora na qualidade de vida e funcionalidade e para promover modificações no comportamento motor e, consequentemente, restauração dos movimentos da coluna vertebral.
 

Endereço: http://www.pgedf.ufpr.br/Teses.html

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.