Efeitos de Um Programa de Exercícios Físicos Sobre a Qualidade de Vida e a Reabilitação Física de Pacientes Submetidos à Hemodiálise

Por: Moane Marchesan.

125 páginas. 2010 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Pacientes em hemodiálise (HD) apresentam baixa capacidade de exercício, baixa percepção de qualidade de vida (QV), e diminuição das suas atividades cotidianas. Estes fatos podem ser amenizados através de uma prática regular de exercícios fisco. Objetivo: Analisar os efeitos do treinamento cardiovascular e muscular sobre a aptidão física e a percepção da QV de pacientes em HD. Metodologia: Esse estudo se caracterizará como ensaio clínico randomizado. A população será determinada a partir de 72 pacientes inseridos ao tratamento de HD. Os pacientes serão divididos em grupo controle (GC) e grupo experimental (GE) e avaliados através de um questionário para as variáveis demográficas (gênero, idade, cor da pele), socioeconômicas (estado civil, escolaridade e nível socioeconômico) e tempo de HD. Para avaliar a aptidão física, foram utilizados o T6, para esforço submáximo; o teste de sentar e levantar, para RML de MI; o teste de abdominal, para RML de abdome; o teste de pressão inspiratória e expiratória máxima, para força muscular respiratória; e o teste de sentar e alcançar, para flexibilidade. A percepção de QV foi avaliada através do SF-36. O programa de exercícios físicos será realizado durante a HD, três vezes na semana, sendo constituído por alongamentos ativos, resistência aeróbia, resistência muscular localizada e alongamentos passivos.

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissetacoes_2010/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.