Efeitos de Um Programa de Ginástica Laboral na Dor Muscular e/ou D.O.R.T. e na Qualidade de Vida de Funcionários da Biblioteca

Por: Ana Maria Steffens Pressi e Cláudia Tarragô Candotti.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Devido à crescente incidência das doenças ocupacionais, principalmenteos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (D.O.R.T.s), as organizações estão preocupando-se e investindo em medidas preventivas. Entreestas, encontra-se a GinásticaLaborai, tema deste estudo, que objetivou avaliar se um programa de Ginástica Laborai inserido na rotina de trabalho dos funcionários da biblioteca da Unisinos, pode ser fator de redução da incidência de dores musculares e/ou D.O.R.Ts, e contribuir para melhorar a qualidade de vida destes. Aamostra constituiu-se de 23 funcionários que relataram pelo menos um episódio de dor no último ano, divididos em dois grupos, controle e experimental.Ametodologia correspondeu a comparação entre questionários informativos de dor e sobre qualidade de vida, devidamente validados, aplicados para os dois grupos, antes de iniciada a Ginástica e, após um e dois semestres de Ginástica. Os resultados obtidos foram: o grupo controle não apresentou diferença significativa (p>0,05), antes e após a práticada GinásticaLaborai, enquantoque o grupoexperimental apresentou diferença significativa (p<0,05) na incidência de dores, e na melhora da qualidade de vida após a prática da Ginástica Laborai. Antes da Ginástica Laborai 73,9% dos funcionários relatavam que a dor estava relacionada ao trabalho, e, após a Ginástica Laborai, 52% relataram que a dor estava relacionada ao trabalho. Estes resultados sugerem que a prática da Ginástica Laborai pelos funcionários da biblioteca, teve um efeito positivo, no sentido da diminuição da dor e também na melhora da qualidade de vida.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.